Blog do Delemon

ULTIMA HOMINIS FELICITAS EST IN CONTEMPLATIONE VERITATIS

Pilulas de sabedoria



Classics @ a finger tip {4 Comentários}

sexta-feira, maio 08, 2009 por em: ,

Classics post header

Talvez os colegas de curso me achem meio sacana de postar isso justamente hoje, após a prova de História Antiga do Mundo Roma!no Mas é que hoje que me ocorreu que tem saltado aos olhos as inúmeras fontes de História Antiga, tanto de Roma quanto de Grécia. A isso tudo damos o nome genérico de Clássico. E o que pretendo dizer que o “Clássico” está ao alcance das mãos é que hoje temos uma  variedade de trabalhos em português de não-especialistas – e talvez por isso mesmo mais acessíveis – na Internet!

Pra começar repito algo que disse no post sem repercussão que fiz semana passada no Lado B de um Disco Trash: Um lugar  que encontrei boas informações sobre Roma foi no escribacafé, que “fez uma das melhores exposições da História de Roma (em três partes). Mesmo que as questões abordadas não sejam as mesmas que o curso de História propõe e dar (talvez) muita ênfase ao Cristianismo no declínio do Império, a exposição, a sequência e as consequências mais gerais da História da Roma Antiga são primorosas”!

Há, também uma boa série de artigos da wikipédia que fazem jus a Roma e Grécia, especialmente quando se trata de esculturas. Em Roma temos, principalmente o artigo Escultura da Roma Antiga e Jogos Inaugurais do Coliseu. O primeiro é um artigo destacado, o segundo está em vias de se tornar ao final do mês! Um artigo destacado é um artigo que é votado pelos editores da wikipédia como um ótimo artigo e cumpridor de algumas rigorosas regras para que este seja visto como um artigo completo e quase perfeito, então o artigo recebe uma estrelinha no canto superior direito () e um dia estará na página inicial da wikipédia!

Sobre Grécia temos uma boa linha de artigos sobre escultura também, a começar (cronologicamente) pela Escultura da Grécia arcaica, depois o Estilo Severo, a Escultura do Classicismo Grego, e por fim Escultura do Helenismo. Sendo os dois primeiros artigos já destacados e o último também em processo! Não pense, porém, que pelo fato de serem artigos sobre escultura não possuam valor para os estudantes: ao contrário, todos possuem boas introduções de contextualização e em volta de toda a arte é possível entrever as visões de mundo, personagens, fatos e questões que estão em voga naquele período histórioco. Acredito que enxergar e trabalhar esses links entre a cultura e a história circundante de um determinado período é um dos mais valorosos e interessantes trabalhos do historiador.

Ok, esse post não é um especial sobre escultura e arte, mas numa enciclopédia que se preze, os melhores artigos são sobre arte, história, geografia e afins! A wikipédia, por não ter limitações de uma enciclopédia comum, se dá o direito de falar muito – e às vezes com qualidade – sobre programas de TV e generalidades da vida cotidiana. Mesmo sendo esse um assunto que eu venha a falar como tema central num post futuro, isso acaba – na minha concepção – “desviando esforços”. O trabalho de editores esforçados sempre gera muitos frutos bons. Foi o que ocorreu com esses artigos de arte que o usuário Tetraktys trabalhou.

Saindo do âmbito ‘wikipédico’ e da lusofonia, quero deixar uma dica que foi muito importante pra mim durante as aulas também de Grécia: as iniciativas OpenCourseWare, que também vão ganhar um post detalhado em breve (espero)! No caso a fonte foi a Yale University com seus vídeos – os áudios e transcrições também estão disponíveis – sobre Introdução à História Grega Antiga, com o professor Donald Kagan, Ph.D. desde 1958 (wow!). A maravilha é composta de 24 aulas com média de 1:15h cada.

Se você tem bom ouvido pra inglês (ou boa leitura caso prefira as transcrições), as aulas são ótimas, mesmo que não se tenha lido os textos indicados, só assitir ao vídeo ajuda muito. Igual quando você não lê o texto e assiste a aula mesmo assim e ainda consegue tirar um bom proveito, exceto quando se trata de provas né =S.

Se fosse falar de fontes acessíveis em inglês o post não termina nunca. Essa (e as da wikipédia) são as mais pontuais, e que chegaram a mim na minha navegação aleatória e edições intermitentes! O tchan delas é a possibildade de uso e re-uso sem infringir em direitos autorais: a wikipédia sob a GFDL e em breve (espera-se) sobre Creative Commons, e Yale já sob Creative Commons*, permite que possamos, traduzir, dublar, redistribuir de mil maneiras que preferirmos, desde que mencionemos sempre o nome de Yale e não ganhemos dinheiro com isso, afinal nem eles ganham!

Isso já está longe demais e espero ter sido útil aos curiosos, amantes da História Antiga, e aos colegas de curso. Abraços!

* Obs.: Aproveitem os links, pessoal!

Artigos relacionados



| edit post

4 Comentários sobre "Classics @ a finger tip"

Dumas em 9 de maio de 2009 19:48

boa delemon,hahahah nem foi sacana postar depois da prova,e realmente são ótimas formas de pesquisa e/ou aprimoramento de cultura, wikipedia sempre mata muitas dúvidas mas as dicas dos vídeos vale ouro em rapá...bom post,e como eu disse,tu é do meu grupo de grecia e roma...sempre xP

 

Francisco em 9 de maio de 2009 20:29

Útil? Cara você deu uma aula!
Sério, estou até pensando em cursar História!
Parabéns!
Um abração.

 

Érick Delemon em 10 de maio de 2009 00:40

Oaaa, a fidelidade do Francisco é impressionante! Se eu tiver um poder de influência assim eu fico até com medo...
obrigado Dumas e Francisco...
espero comentários de colegas de turma e curso... pra ver o que que vira.. vlw!

 

Lis em 15 de maio de 2009 21:59

Vou conferir os links...Agora e sobre a critica do 42? Vc disse que escreveria em maio...tô esperando hein? [ fã chata mode on]
kkkkkkkkk
Bjussssssss e bom find